Grupo Assim

Política de privacidade

Utilizamos cookies para facilitar acesso e analisar tráfego (veja nossos termos). Você concorda com nossos cookies se continuar a usar o nosso site.

Saúde e Bem Estar Sáude e Bem Estar


Quer dicas para parar de fumar em 2021?

Postado em 08/01/2021


 

OMS lança campanha com mais de 100 razões para largar o cigarro.


Fumantes têm maior risco de desenvolver um quadro grave e morrer de Covid-19; fumar afeta sua aparência; o tabaco ameaça a saúde de pessoas próximas — não apenas a sua. Essas são algumas das mais de cem razões para abandonar o tabagismo listadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em uma campanha mundial lançada recentemente. A iniciativa “Comprometa-se a parar de fumar durante a Covid-19” vai durar um ano, com o objetivo de ajudar pelo menos cem milhões de pessoas a largar o cigarro.


De acordo com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, “fumar mata oito milhões de pessoas por ano, mas, se as pessoas precisarem de mais motivação para largar o vício, a pandemia fornece o incentivo certo”.


Orientações para quem quer parar de fumar:


1- Reconheça a dependência química
A dependência química do tabaco é muito forte e é reforçada socialmente. Por isso, é importante ter consciência dessa condição e reconhecer que é preciso buscar ajuda e tratamento. Parar de fumar é, antes de tudo, uma decisão pessoal.


2- Rápido ou devagar
Uma opção, comum em resoluções e promessas de fim de ano, é decidir parar de fumar e cortar o hábito de uma vez. Outra alternativa é reduzir o consumo aos poucos. Isso pode ser feito de duas formas: diminuindo gradualmente o número de cigarros que se fuma por dia, ou atrasando cada vez mais o horário do primeiro cigarro.


3- Busque tratamento
Em muitos casos, não é possível parar de fumar por conta própria e é preciso buscar auxílio. O tratamento para o tabagismo está disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS), com abordagem psicológica e comportamental, e se necessário pode ser recomendado o uso de medicamentos.


4- Evite ambientes que estimulam o fumo
Muitas pessoas associam o consumo do álcool com o tabagismo. No momento inicial, é recomendado evitar situações e comportamentos que levam ao cigarro até aprender a lidar com isso.


5- Substitua o cigarro
Buscar beber mais água ou mastigar cravo, canela ou frutas secas pode ajudar a substituir o comportamento sem trazer prejuízos, como o aumento do consumo de alimentos com açúcar.


Fontes: Extra