Grupo Assim

Política de privacidade

Utilizamos cookies para facilitar acesso e analisar tráfego (veja nossos termos). Você concorda com nossos cookies se continuar a usar o nosso site.

Saúde e Bem Estar Sáude e Bem Estar


Você entende o que é um vício emocional?

Postado em 27/01/2021


 

Você entende o que é um vício emocional e conhece as diversas maneiras que ele pode afetar sua vida pessoal, profissional, amorosa e em todos os outros âmbitos? Pois, existe a possibilidade de você estar sofrendo com essa situação e nem sequer imagina!
Quando pensamos em vícios, é muito comum associarmos a cigarro, álcool e drogas em geral. Porém, existe também a vertente emocional. Você certamente já conheceu alguém que sofre com essa questão, ou então já sofreu na própria pele.


Quais os principais sintomas dos vícios emocionais?


O vício emocional leva as pessoas a se sentirem constantemente infelizes e insatisfeitas com diversas áreas da sua vida. Estão o tempo todo reclamando, e geralmente, por causa de problemas causados por elas mesmas, já que estão sempre se sabotando.
Geralmente, é muito difícil identificar uma pessoa com vícios emocionais, pois muitas vezes, os sintomas demonstrados podem ser associados a traços de personalidade. Como, por exemplo, uma pessoa que não consegue se manter em relacionamentos por um longo período, e geralmente são classificadas como volúveis, ou muito independentes, na verdade, são pessoas viciadas em recomeços.


Existem diversas outras vertentes, como vício em brigas e discussões, solidão, negatividade, estresse, ansiedade, entre diversos outros tipos. E sempre, são manifestados de formas diferentes. Por isso, a grande dificuldade de identificar e tratar esses casos.
É importante ter em mente que esses casos não acontecem de uma hora para outra. Assim como os outros tipos de vícios, os emocionais acontecem devido à exposição direta e em excesso a essas situações. Como por exemplo, vivenciar esses traumas dentro de casa quando criança.


O que fazer?


Caso você identifique que sofre com algum desses tipos de vícios, é importante que busque ajuda o quanto antes! Pois, eles podem afetar muito mais do que o seu interior. Eles prejudicam seus relacionamentos em geral, seja com família, amigos ou parceiro; Prejudicam seu desempenho acadêmico e profissional.


Caso você se veja nessa situação, busque identificar a origem da motivação por trás do padrão de comportamento que o vício provoca em você. Certamente essa resposta lhe abrirá os olhos para enxergar traumas passados que você preferia fingir não ver.