Grupo Assim

Política de privacidade

Utilizamos cookies para facilitar acesso e analisar tráfego (veja nossos termos). Você concorda com nossos cookies se continuar a usar o nosso site.

Saúde e Bem Estar Sáude e Bem Estar


Olhos abertos para a Trombose

Postado em 29/10/2020


 

A trombose é a formação de coágulos potencialmente mortais na artéria (trombose arterial) ou veia (trombose venosa). Uma vez formado, o coágulo pode retardar ou bloquear o fluxo sanguíneo normal, e até se soltar e viajar para algum órgão. Isso pode resultar em lesão significativa, incluindo ataque cardíaco, derrame e o tromboembolismo venoso (TEV).

 

Os sintomas mais comuns são o inchaço e a dor. Até 60% de todos os casos de TEV ocorrem associados a um fator de risco adquirido como cirurgias, imobilização, internação prolongada, uso de anticoncepcionais hormonais conjugados, gestação, viagem aérea longa, câncer, obesidade, entre outros. Todos esses fatores devem ser avaliados para se conhecer o risco do desenvolvimento de trombose, a fim de implementar medidas profiláticas.

 

O tratamento é feito com substâncias anticoagulantes (impedem a formação do trombo e a evolução da trombose), ou fibrinolíticos (destroem o trombo).

 

Dois exames muito simples conseguem diagnosticar uma trombose. O exame de sangue chamado Dímero D que quando está normal, exclui a possibilidade de trombose e um exame que não precisa de jejum e costuma ficar pronto em 3 horas, o Eco Doppler colorido venoso de membros inferiores que pode demostrar o trombo dentro da veia.

 

fonte: Ministério da Saúde