Grupo Assim

Política de privacidade

Utilizamos cookies para facilitar acesso e analisar tráfego (veja nossos termos). Você concorda com nossos cookies se continuar a usar o nosso site.

Saúde e Bem Estar Sáude e Bem Estar


Combata a pneumonia! Maior causa de morte infecciosa em crianças e adultos

Postado em 12/11/2020


 

O Dia Mundial da Pneumonia (12/11) chama a atenção para a importância de se trabalhar de forma mais eficaz para aumentar o acesso ao oxigênio medicinal. O oxigênio sempre foi um remédio essencial e a Covid-19 está mostrando ao mundo o quanto ele é importante.

 

A pneumonia é uma doença inflamatória aguda que acomete os pulmões e pode ser provocada por bactérias, vírus, fungos ou pela inalação de produtos tóxicos.

 

Os principais sintomas são: tosse com produção de expectoração; dor torácica, que piora com os movimentos respiratórios; mal-estar geral; falta de ar e febre.

 

A pneumonia pode ser adquirida pelo ar, saliva, secreções, transfusão de sangue ou, na época do inverno, devido a mudanças bruscas de temperatura. Essas mudanças comprometem o funcionamento dos pelos do nariz responsáveis pela filtragem do ar aspirado, o que acarreta uma maior exposição aos microrganismos causadores da doença.

 

Para diagnosticar a pneumonia é preciso realizar exame clínico, auscultação dos pulmões e fazer radiografias de tórax.

 

O tratamento depende do microrganismo causador da doença. Nas pneumonias bacterianas, devem-se usar antibióticos.

 

Na maior parte das vezes, quando a pneumonia é causada por vírus, o tratamento inclui apenas medicamentos para aliviar os sintomas, como febre e dor, podendo ser necessários medicamentos antivirais nas formas graves da doença.

 

Os fatores de risco para a doença são:
- Fumo: provoca reação inflamatória que facilita a penetração de agentes infecciosos
- Álcool: interfere no sistema imunológico e na capacidade de defesa do aparelho respiratório
- Ar-condicionado: deixa o ar muito seco, facilitando a infecção por vírus e bactérias
- Resfriados mal cuidados
- Mudanças bruscas de temperatura
 

As principais formas de prevenir a doença são recomendações simples: lavar as mãos, não fumar, não usar bebidas alcoólicas, evitar aglomerações e se vacinar. Além da vacina da gripe há, ainda, a vacina antipneumocócica para prevenir as pneumonias causadas pela bactéria 'pneumococo'. Em caso de contágio, a imunização diminui a intensidade dos sintomas, além de evitar as formas graves da doença e a mortalidade para esse tipo específico de pneumonia.

 

Fontes: Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde / Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) / Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia / Stop Pneumonia